Trump está sendo enganado pelos globalistas do Pentágono, o mesmo de Obama?

Pense nos padrões desta guerra civil que vem acontecendo há 7 anos na Síria. Formule sua crítica com base nos questionamentos aqui levantados. Será que Trump caiu no conto dos Globalistas do Pentágono? Ou fará sua própria política para o Oriente Médio? Não é o que parece!

Primeiramente, o Pentágono de Trump é o mesmo de Obama. E o presidente, ou está sendo enganado pelos globalistas em informações do regime de Assad, ou tem uma nova política para o Oriente Médio que não dá para entender ainda, mas que inclusive já desfavorece os cristãos ao fortalecer os jihadistas ao abrir-lhes caminho.

Abro um parênteses. O cristianismo está ameaçado na Síria. Sobra muito pouco do catolicismo lá, os padres têm sofrido muito e o único que protege os nossos irmãos é Assad, o chamado ditador sanguinário pela mídia ocidental.

Ora, a política da administração Obama sempre foi contra Assad, posição que gozava do apoio dos globalistas de todo o Ocidente e da mídia esquerdista. Ao mesmo tempo choviam provas de que Obama estava do lado do Estado Islâmico fornecendo armamentos e equipando-os da melhor forma para depôr o presidente sírio.

Rússia e Assad nos últimos tempos combateram duramente o Estado Islâmico, um dos mais cruéis inimigos dos cristãos da contemporaneidade, enquanto estes se aliavam aos rebeldes jihadistas de outros grupos para vencer Assad. Também os mesmos jihadistas tinham apoio de Obama.

Com a guerra, os rebeldes aproveitavam para expulsar e matar os cristãos que clamavam desesperadamente pela proteção de Assad, tal como seu governo sempre o fez ao longo de décadas.

Agora, até o último sábado, Assad estava em controle de tudo, e o país quase reconquistado. A grande pergunta que não quer calar por uma questão de lógica e racionalidade é: Para quê Assad atacaria seu próprio povo com armas químicas numa guerra praticamente vencida? Para atrair atenção do Ocidente sobre si e a intervenção dos aliados? Nem uma anta faria isso. Seria uma suprema burrice. Em sã consciência nenhuma administração inteligente daria um passo desse em falso.

Mas aqueles que estão interessados que ele caia de qualquer jeito, no caso os globalistas, teriam mais motivos para criar uma encenação que o desfavorecesse, assim fazendo o caldo entornar mais uma vez e tentando fazer o jogo virar contra ele.

Enquanto isso, mais uma vez os cristãos se vêem ameaçados por uma retomada do jihadismo no caso de uma retaliação ocidental que enfraqueceria governo de Assad.

Veja para onde vão os globalistas para ver onde Trump está se metendo. Prefiro acreditar que seja ingenuidade dele do que pensar que ele é adepto dos velhos jogos de guerra do Ocidente que favorecem os bilionários árabes e o sionismo, com o qual sabemos que ele flerta desde o início. Talvez ele já escolheu um lado. Pois num mundo conflagrado em poderes globais, os líderes acabam de um lado ou de outro.

Fica a pergunta: Trump fará sua própria política e construirá uma terceira via? Ou dará prosseguimento a agenda de guerra do globalismo? Aguardemos!

Comentários

Comentários

About Pe. Augusto Bezerra

View all posts by Pe. Augusto Bezerra →