O que haverá: eleições ou guerra civil? A decisão do STF pode levar à catástrofe!

Talvez não tenhamos eleições. Tudo agora só depende do STF. E o fato é que uma guerra civil, a primeira de nossa história, pode já estar às portas!

Serei realista. Isto não é pessimismo. Trata-se de coisas evidentes. Já estamos num cenário de pré-guerra civil. Basta lermos os sinais dos tempos. Quantos livros de história precisamos ler para perceber o óbvio?

Tudo está nas mãos do STF neste momento. A indignação popular não aceitará a injustiça e o desmantelamento das instituições para proteger uma organização criminosa que exerceu o poder durante 13 anos e que quer retomar toda a sua hegemonia.

Uma grande convulsão social pode se iniciar no dia 4 de abril com uma decisão favorável ao Lula ou com um mero pedido de vista que soará mais como um arquivamento assim tirando praticamente de pauta a prisão do Lula.

Negar o HC de Lula é o melhor dos mundos, pois por mais que façam baderna pelo país os membros de sua minoria militante, as forças federais poderão controlar o cenário. Difícil seria contornar um julgamento favorável ao Lula, pois isso despertaria a cólera de um povo inteiro traído, pisado, sofrido e humilhado pelos poderosos.

Em ambas possibilidades, as eleições serão tumultuadas, ou na pior das hipóteses, não acontecerão.

Devemos rezar muito e lutar democraticamente. E é claro que uma guerra sempre será indesejável, e o que preferimos é que nada disso jamais aconteça.

Que tenhamos paz, eis o nosso desejo. E para isso, se fazem necessárias a lei, a disciplina das instituições e a ordem. Do contrário, o cenário será inevitavelmente de convulsão.

Esperamos que tenhamos Forças Armadas que sejam capazes de assegurar a liberdade do povo e as garantias constitucionais num cenário mais grave que se desenvolva. Talvez vamos precisar.

Mas tudo foi afunilado para duas possibilidades: Lula preso ou impune. Nas duas, o cenário que se decorre é grave. Mas uma é a melhor, a que garante a solidez das instituições exercendo as penalidades imputadas ao criminoso. Na outra, teremos um povo “adormecido” que acordará em fúria contra os conspiradores que desejam salvar-se do jugo da lei. E não seria bom vivermos isso.

Nossa Senhora das Graças em Cimbres (Pernambuco) profetizou a guerra civil para o Brasil caso não nos convertêssemos rezando o terço todos os dias e fazendo penitência. Mediante suas palavras de advertência, o padre perguntou a ela: “Será como na guerra civil espanhola”? E ela respondeu: “Quase”!

Saiba mais sobre a profecia de N.S das Graças

Espero que tal profecia não se cumpra pois nesse caso haveria muita dor e sofrimento. Inocentes morreriam e sem dúvida a democracia estaria em risco.

A nós, resta rezar, bem como lutar democraticamente pela paz por meios legítimos valendo-se da lei e da ordem.

Unidos em Cristo, Rei e Senhor do Universo!

Comentários

Comentários

About Pe. Augusto Bezerra

View all posts by Pe. Augusto Bezerra →