Mãe do cantor Andrea Bocelli se recusou a abortá-lo mesmo com insistência dos médicos

A mãe do famoso tenor italiano Andrea Bocelli revelou em uma entrevista à televisão que, quando estava grávida, os médicos recomendaram que ela abortasse seu filho porque nasceria com uma doença congênita, e no entanto, ela se recusou.

No programa Domenica In, transmitido no canal italiano Rai1, Edi Aringhieri, ela disse: “eu cheguei ao hospital devido a fortes dores em minha barriga”.

“Depois de uma série de exames, lembro-me de quando (os médicos) me disseram: “tire o bebê, pois ele ficará cego”. Daí eles me explicaram que ele nasceria com uma doença congênita que o levaria a perder a visão. Eles me aconselharam a abortar, mas eu não fiz”, disse ela.

Ela disse: “eu queria contar essa história para dar força às famílias que enfrentam situações semelhantes àquela em que eu e minha família vivemos”.

No programa, eles também apresentaram o vídeo onde Andrea conta a história de como sua mãe foi hospitalizada por “um simples ataque de apendicite” e que “essa jovem mulher corajosa decidiu não abortar, e a criança nasceu (…). Posso dizer que a decisão estava correta “.

Depois de ver seu filho contar seu testemunho, Edi Aringhieri disse que, devido a essa história, “não podem imaginar como lhe adoram as mulheres estadounidenses”, e brincou com os presentes: “isso me dá tanta publicidade”!

A perda da visão e a vida nova de Andrea Bocelli

Andrea Bocelli perdeu sua visão completamente aos 12 anos depois de receber um golpe na cabeça durante uma partida de futebol.

A mãe do tenor comentou que, num hospital em Turim, seu filho “conheceu um homem russo que era um grande amante da música sinfônica, e que o ouvia todos os dias durante seu tratamento”.

“Foi então que Andrea percebeu que ele estava encantado com esse gênero de música, chegando a não perceber que estava numa clínica. E até se esqueceu que estava em tratamento, pois ficava fascinado com a música”, disse ela.

A sua luta pessoal pela vida

Numa entrevista com o jornal Il Foglio, o tenor disse: “com minhas convicções pessoais, como um católico fervoroso, eu não só luto contra algo, lutar por algo e sou a favor da vida “.

Sendo um cantor mundialmente famoso, Bocelli também realizou concertos em locais católicos e eventos como o templo expiatório da Sagrada Família em Espanha, o Santuário Nacional de Aparecida no Brasil, o Vaticano e durante o Encontro Mundial de Famílias que teve lugar lugar nos Estados Unidos em 2015.

Fonte: InfoCatólica

Comentários

Comentários