Sara Winter é retirada à força do STF depois de protestar contra o aborto (vídeo)

Conforme publicou em sua página, “nesta tarde de quinta-feira (30), Sara Winter, ex-feminista, atual ativista pela vida, se manifestou de maneira pacífica dentro do STF.

Mãe, de 24 anos, suplicou aos prantos para que a ministra do Supremo, Rosa Weber não impeça os bebês de nascer.

De maneira pacífica, estendeu um cartaz com dizeres a favor da vida, mas rapidamente foi retirada de maneira truculenta pelos seguranças.

Sara passa bem e espera que a ministra repense sobre o valor da vida e reconsidere a pressão que tem feito ao Presidente e ao Senado para se posicionarem com relação ao aborto”.

A seguir o vídeo que mostra a cena da trunculência e também com uma mensagem da Sara explicando a situação.

Comentários

Comentários