Washington, DC. – 28 jan, 2017 – Numa entrevista à ABC News durante essa semana, Trump foi interpelado sobre a Marcha das Mulheres que ocorreu no dia 21 de janeiro. E a resposta não podia ser melhor. Trump aproveita a ocasião para dar uma bela lição midiática. Segue logo após o vídeo a transcrição deste trecho da entrevista.

Fonte Vídeo/Legenda: Embaixada da Resistência

Inscreva-se para receber nossas atualizações: Clique Aqui 

Repórter: “Deixe-me perguntar enquanto estamos aqui fora: você conseguia ouvir as vozes da Marcha das mulheres aqui em Washington? Sabemos que compareceu mais de um milhão de pessoas. E você é o presidente delas também agora…”

Trump: “Verdade”!

Repórter: “As podia ouvir da Casa Branca?”

Trump: “Não. Não consegui ouvir, mas a multidão era grande, porém vamos ter uma multidão grande na sexta-feira também composta na maioria por pessoas pró-vida. Temos muita gente chegando na sexta-feira. E eu direi isto e nem me tinha apercebido disto, mas me disseram, que terá uma multidão muito grande de pessoas, tão grande ou maior. Algumas pessoas dizem que irá ser a maior de pessoas pró-vida. E elas dizem que a imprensa não lhes dá cobertura”!

Repórter: “Eu não quero comparar multidões…”

Trump: “Não!? Mas deveria”.

Depois de interrompido pelo repórter, Trump continuou:

“Mas deixe-me dizer, o que eles dizem é que a imprensa não lhes dá cobertura. Diga a mídia para dar uma cobertura honesta da Marcha pela Vida! Cubram a Marcha”!

A Marcha pela Vida, citada por Trump, aconteceu na tarde de ontem, 27 de janeiro, em Washington. O evento reuniu milhões de pessoas. E como sempre com uma curta cobertura da mídia infelizmente.

Comentários

Comentários