Artigos, Crítica, Notícias

Hereges atacam o Papado dividindo os fiéis de Cristo

Rio de Janeiro – 14 dez, 2016 – Pode ser que alguém não tenha grande empatia com o Papa Francisco, pode ser que alguém não aprecie o seu estilo e até mesmo o interprete além do que ele pretenda por seus gestos, contudo respeitar a autoridade máxima da Igreja enquanto símbolo da unidade e da nossa comunhão é imprescindível para quem for católico de fato. O que é isso que vemos?

Não há nada o que justifique o ataque, ofensa, agressões verbais e ameaças feitas ao Santo Padre. Nem Jesus que tinha todo o direito de julgar a Pedro e sentenciá-lo por sua negação o tratou como alguns católicos ousam tratar o Romano Pontífice publicamente, ele que sequer negou o Senhor à semelhança de Pedro.

Tenham vergonha e pudor, parem de agir feito uma “Assembléia de Satanás”. Insisto: não há justificativa. Não nos venham com “mas”! O mal e o pecado não tem parte com Cristo em nenhuma circunstância.

O que pretendem esses católicos cismáticos? Querem a autoridade da Igreja para si? Pois o Espírito Santo não lhes deu.

O papado é mais que a pessoa de Francisco, é uma instituição divina sobre a qual somente Cristo tem a autoridade, na qual ele mesmo lhes confere o mandato. Aquele que se interpõe entre Cristo e Pedro é o diabo. E os que seguem as obras deste divisor tem a Lúcifer como cabeça de suas vidas pois ofendem a Cristo com seus ídolos que atacam a Instituição Sagrada do próprio Senhor.

“Vade retro, Satana”! “Fugi, potências infernais”. +

São Padre Pio, rogai por nós!
Santa Catarina de Sena, rogai por nós!
São Miguel Arcanjo, rogai e fulminai o inimigo!

Comentários

Comentários

78 Comments

  1. Ronald Pinheiro

    Padre, recomendo muito a leitura do discurso do bispo Athanasius Schneider sobre a A.L. e digo que, por mais escandalosas que sejam certas opiniões, ainda não são tão escandalosas quanto o Papa negar-se a responder cinco perguntas legítimas sobre o documento que ele mesmo escreveu. Fazendo isso, ele falta ao seu dever de confirmar a fé dos irmãos.

  2. Me diga: quem são os hereges? Pois creio que criticar não é o mesmo que atacar e nem nem apontar erros de uma papa significa atacar ao papado, principalmente quando alguém venha deturpar o Evangelho de Cristo, mesmo que seja um papa, pois o próprio Cristo advertiu Pedro, após instituir o papado:
    “Ele, porém, voltando-se, disse a Pedro: Para trás de mim, Satanás, que me serves de escândalo; porque não compreendes as coisas que são de Deus, mas só as que são dos homens.” Mateus 16:22,23

    • Pe. Marcelo Tenorio

      Salve Maria Purissima!
      Não costumo comentar em nenhum site, mas por acaso vi sua postagem. Permita-me, Revmo Padre dizer que heresia significa “negação” objetiva da Fé da Fé imutável da Igreja. Ora Francisco é criticado sobretudo por falar e escrever coisas “novas” que vão em contrário a Fé bimilenar da Igreja. O senhor concorda com o texto integral da Amoris Laetitia?… Vou mais para trás: O senhor poderia me fazer uma sintese entre o Syllabus e a Gaudium et Spes do Vaticano II?… Que malabarismo o senhor aplicaria para dizer que uma não está contra a outra. Só que uma, no caso o Syllabus contem o ensinamento de 20 séculos de Igreja, já a outra…Onde está a heresia? De quem é a heresia em nosso tempos, Reverendíssimo?

  3. Nuno

    Não é comum comentar mas diante dos comentários que li pergunto eu…. O documento, fruto de duas sessões do sinodo dos bispos, não foi pensando, escrito e refletido pelos padres sinodais?

  4. João Bosco de Castro

    Concordo que existe uma falta de respeito contra o Papa Francisco. Eu e minha família rezamos diariamente para ele durante o terço, contudo está mais claro que o sol, que o Papa Francisco esta a serviço da Nova Ordem Mundial. Não são um ou dois escândalos, são uma sucessão ininterrupta , que até mesmo um Papa Alexandre VI se faz parecer um ortodoxo perto dele. A exortação apostólica Amoris Laetitia é herética e é dever daqueles padres e bispos que querem ser fiéis ao Nosso Senhor Jesus Cristo, esclarecer ao seu rebanho, retirando a confusão imensa que isso causou dentro da Igreja. Desculpa padre, mas o Papa Francisco é a grande causa da divisão dos fiéis, ele faria um bem imenso a Igreja se renunciasse.

  5. Quanto histerismo. Vim ao artigo atrás de conteúdo ou do relato do ocorrido, mas não há nenhum. Acusa alguns de heresia, sem apontar em quê; propositadamente mistura críticas ao Papa Francisco com ataque ao Papado; e no fim põe a culpa de tudo em satanás. Pro favor, vamos tratar este tipo de assunto com mais maturidade.

    • Falta de maturidade de quem? Quem foi que começou o assunto totalmente torto da cabeça foi o Padre, sem apontar quem, como, onde, quando e o porquê!

    • É heresia agir feito protestantes em relação ao papado. Não se esqueçam de Lutero, de Calvino e dos Anglicanos. A Igreja não precisa de mais cismas. Devemos evitá-lo, não alimentá-lo. A pessoa do Papa inclusive passa, mas a Igreja permanece. E como estarão depois os que atacam Roma agora quando passar o Papa Francisco? Divididos com um líder chamado Olavo de Carvalho? Ele será vosso guia? Pastor? Sacerdote? A Igreja não precisa de mais cismas. Portem-se como santos diante das crises históricas da Igreja.

      • Karla

        Padre, acho que está havendo aqui um mal-entendido sobre seu texto. Creio que seu objetivo enquanto padre prudente e obediente, seja exatamente promover mais cautela e união dentro da Igreja. E entendo também que isso obviamente não implica deixar de ser vigilante como católico. Por isso, apesar de concordar com a opinião de Olavo, discordo da forma não cuidadosa como ele a tem exposto, e compartilho de sua preocupação de padre responsável, que visa evitar um cisma irresponsável. Os católicos leitores aqui não percebem que no caso de um cisma, principalmente se prematuro, milhões de fiéis católicos no mundo, pouco esclarecidos, não teriam tempo de compreender a complexa situação, e iriam acabar simplesmente seguindo o carismático Francisco.

      • Soraia

        A bênção Padre.
        Com todo respeito do mundo, não é Roma que está sendo “atacada”, mas as alocuções e a postura do Bispo de Roma ( ele próprio está par e passo com Lutero, Calvino e anglicanos, quando se junta aos protestantes que tanto criticam, enxovalham e desrespeitam Nossa Senhora!!!
        Olavo de Carvalho um líder? De jeito nenhum! Nem é passivel de discussão esta colocação de “líder”.
        Enfim, meu padre… sempre, sempre, sempre: “Viva o Papa”, apesar dos desmandos do Bispo de Roma.
        Paz e bem.

      • Silvio

        OK padre.
        Que todos se calem . Vamos deixar ele demolir o edifício da fé à vontade. Todos em silêncio, ninguém diga mais nada. Combinado?
        Assim nós esteremos cumprindo nosso dever é até obrigação de defender a fé. Desta forma , bem semelhante a João Batista diante do rei Herodes , de Salomé. Com todo o receio de perder o pescoço. Sim meus irmãos ,assim é mais tranquilo…..
        Vamos seguir esta instrução, afinal ,assim é ” mais cômodo” ….. Vamos apenas rezar, silenciar …..
        Mais antes …Padre por favor o Senhor poderia nos esclarecer a declaração que o cardeal Daneels fez em sua biografia ? De que a eleição do cardeal Bergolio foi preparada por ele e um grupo de cardeais que ele mesmo chamou de : “Máfia dos Cardeais” uma década antes do conclave de 2013?
        O Senhor poderia nos esclarecer sobre o discurso de” renúncia ” do Papa Bento XVI onde ele afirmou está renunciando ao governo dá Igreja , mais o compromisso assumido no dia da sua eleição , não….Pois este compromisso é para sempre?
        O Senhor poderia nos esclarecer o que significa a declaração do secretário do Papa Bento XVI ,deum: ministério estendido? Sendo um papa sustentando a fé dá Igreja na oração , enquanto o outro conduz o governo terreno dá Igreja?
        Eu nunca conseguir compreender isso…..

        • Que tem que resolver protocolarmente com o Papa as dúvidas de fé são os cardeais, os bispos junto com os teólogos de verdade, não os leigos nem um grupo de rebelados, que se quiserem podem mandar carta para o Papa para corrigi-lo se ver os erros, mas sair por aí proferindo baixarias… Poupe-nos! Pe. Pio daria uma bofetada de mão cheia “como fez com um homem que chegou para ele a fim de falar dos pecados de um bispo que de fato fazia coisas erradas”. E diria pra tais como disse a ele: “Quem é você para falar assim dele? E ainda contou os seus pecados pessoais para enevergonhá-lo diante de todos os presentes que ouviam a maledicência dele.

      • Gosto do Olavo, na minha concepção é mais católico fundamentado na santa tradição do que muitos do clero Padre. Olavo fala verdades, cuidado o senhor também com modernismo e matérias tendenciosas.
        Estarei em oração pela santificação do clero, para que possamos ter bons pastores em que instrui o povo de DEUS a SANTIDADE. Algo que hoje é esquecido.
        Abraços.

      • Acho que o senhor não entendeu, padre, tampouco respondeu o que foi-lhe dito e perguntado. O senhor que está criticando os clérigos que queriam uma resposta do Papa sobre suas posições, especificamento na exortação Amoris Laetitia. Criticar o papa por razões doutrinais está longe de querer um cisma, mas sim defender a Igreja de heresias que este possa haver. Afinal, quem foi que levou uma estátua de Luthero no Vaticano? Quem foi que escreveu a encíclica Laudato Si, totalmente ecologista e fez declarações comunistas e outras tantas declarações no mínimo estranhas ao catolicismo? Foram o leigos ou o clérigo ou o Papa Francisco? O senhor como padre tem o dever de rezar uma missa santa, coisa que está difícil hoje em dia. Eu sou leigo e me vejo como pecador e que preciso da salvação, mas no mundo de hoje em que pregam o relativismo moral, fica difícil a salvação, principalmente quando o clero não aponta mais o pecado e não se colocam à disposição para confissão e tampouco educa o seu rebanho. É muito triste os tempos em que estamos vivendo. Nossa Senhora de La Salette bem que avisou este período em que passamos. Eu sou católico e amo a Igreja de Cristo, por isso critico e vou criticar maus ´padres e até mesmo o Papa se assim o meu coração exigir, pois o cisma de hoje vem de quem deveria proteger a Igreja e não dos fiéis. Agora me responda, quem são os hereges que “atacam” o papado? Para mim, quem começou a atascar o papado foi o próprio Papa Francisco, desde o dia de sua eleição. Pode observar todas as suas atitude e verá que não estou enganado. O que queremos? Queremos uma Igreja Santa e um clero santo, assim como queremos padres como São Pio de Pietrecina!
        A sua bênção!

      • Acho que o senhor não entendeu, padre, tampouco respondeu o que foi-lhe dito e perguntado. E antes de postar uma nota crítica, o senhor tem o dever de apontar quem são os hereges e o porquê, assim como dizer que tipos de ataques tem sofrido o papado ou o papa. Eu mesmo, leigo, critico o papa, mas não o papado. O senhor mesmo parece está criticando os clérigos do Vaticano, que também são seus superiores hierárquicos, que queriam uma resposta do Papa sobre suas posições, especificamento na exortação Amoris Laetitia. Criticar ( e não atacar) o papa por razões doutrinais está longe de querer um cisma, mas sim defender a Igreja de heresias que este possa haver. Afinal, quem foi que levou uma estátua de Luthero para o Vaticano? Quem foi que escreveu a encíclica Laudato Si, totalmente ecologista e fez declarações comunistas e outras tantas declarações no mínimo estranhas ao catolicismo? Foram o leigos ou o clérigo ou o Papa Francisco? O senhor como padre tem o dever de rezar uma missa santa, coisa que está difícil hoje em dia. Eu sou leigo e me vejo como pecador e que preciso da salvação, mas no mundo de hoje em que pregam o relativismo moral, fica difícil a salvação, principalmente quando o clero não aponta mais o pecado e não se colocam à disposição para confissão e tampouco educa o seu rebanho. É muito triste os tempos em que estamos vivendo. Nossa Senhora de La Salette bem que avisou este período em que passamos. Eu sou católico e amo a Igreja de Cristo, por isso critico e vou criticar maus ´padres e até mesmo o Papa se assim o meu coração exigir, pois o cisma de hoje vem de quem deveria proteger a Igreja e não dos fiéis. Agora me responda, quem são os hereges que “atacam” o papado? Para mim, quem começou a atascar o papado foi o próprio Papa Francisco, desde o dia de sua eleição. Pode observar todas as suas atitude e verá que não estou enganado. O que queremos? Queremos uma Igreja Santa e um clero santo, assim como queremos padres como São Pio de Pietrelcina!
        A sua bênção!

      • AJBF

        Não é cismático quem rejeita esse sujeito entendo-o ser um falso papa, um usurpador da Sé Romana. Pelo contrário: quem rejeita Bergoglio é alguém que não se cegou pelas mentiras deste homem que, acintosamente, renega a Santa Fé Católica com seus atos, palavras e documentos. Antes de levantar vossa voz em nome do papa, convém se perguntar: será ele REALMENTE Papa?

  6. Anônimo

    Não entendi nada. Que significa o papado, o papa para os católicos. É um homem comum , não há um só homem perfeito sobre a terra. Expliquem-me please

    • Papado refere-se ao múnus petrino. Se o papado fosse a pessoa do Papa, passaria com ele. Mas como o papado não é uma pessoa, e sim um mistério conferido por Cristo, ele se renova sempre. Atacando a dignidade do papado você está relativizando seu valor e enfraquecendo a fé católica. Por que os protestantes, os anglicanos não tem o Papado como autoridade? Porque a sua dignidade foi atacada e desprezada.

    • Mariana

      A Igreja afirma que o papa é guiado pelo espírito santo e infalível. É um dogma da Igreja, uma verdade de fé. Então, o católico verdadeiro aceita e ponto final. Não há que se questionar. Certo ou errado, gostem ou não, um católico não deve questionar o Papa.

      • Boa tarde.
        A primeira “correção” que sofreu um papa foi a que o Apóstolo São Paulo fez ao papa São Pedro, ele deve ser sim corrigido e ele não pode negar esclarecimentos.

  7. jadson Carvalho

    Talvez seja por isso que a igreja está assim, visto que a autoridade máxima da igreja é o papa que não é infalível e não Cristo que é poderoso.

  8. Angélica

    Nossa Senhora apareceu em 1961 em Garabandal e alertou que aconteceria uma espécie de cisma na Igreja ,próximo a um alerta mundial que Deus dará á humanidade (Aviso de Garabandal ).Quando o papa for á Moscou,tudo se deslanchará.Preparemo-nos estando com a vida sacramental em dia .

    • Tudo que relatamos aqui trata-se de um cisma em curso.

      • Silvio

        Padre esse é um cisma bizarro,pois antes os cismáticos não aceitavam era a declaração de fé feita por um papa ,agora os fiéis é que não aceitam uma mudança de rumo na Igreja , pois não aceita que o Santíssimo Sacramento seja pilhado por pessoas em situação de adultério, como deixa a pensar a exortação pós- sinodal. Quem está ” cismando” dá fé nesse caso é quem está no topo da Igreja ,visto que se nega responder um sim ou um não, eu estou errado em dizer isso?

      • O cisma já aconteceu: foi o Concílio Vaticano II. Foi nesse que Nossa Senhora nos alertou. Cristo é Maior e Sua Igreja também.

  9. Ricardo

    Realmente quem escreveu este artigo não sabe o que é heresia, nem hereges, muito menos o que é a Santa Igreja Católica, corpo místico de Cristo. Percebe-se facilmente pouca formação doutrinal, teológica e sobretudo humildade para se buscar a verdade .

    • Não é um tratado teológico, nem um artigo acadêmico. É uma exortação. O que reforma e mantém a Igreja santa é a santidade na adversidade, não essa histeria toda que acontece por aí.

  10. Ricardo

    O Papado é instituição Divina, já Bergoglio não, não foi escolhido por Deus e sim por um esquema de Cardeais não católicos infiltrados, sendo um antipapa ou falso papa impostor. O Católico não deve obedecer a este usurpador. A situação é muito grave.

    • kkkkkkkk desinformada. Deus tenha pena de você.

    • Cara, acertou! E isso os padre e demais do clero não querem enxergar. Eles pensam que nós leigos só servimos para fazer coreografias ridículas nas suas missas e que podemos ir à Santa Missa sem santidade no vestir e no agir, sem sermos corrigidos.

  11. Patricia Marins Teixeira

    Por caridade, o ataque está vindo do Senhor Padre Bezerra.
    Quantas palavras de puro ódio!
    Roma perderá a fé “lembra da mensagem de Sallete, o terceiro Segredo, nada mais, é que a maçonaria Eclesiástica tomaria conta!
    Enxergar o óbvio é ser coerente!!!
    Francisco não só é um herege, como é o falso profeta, usurpador da Cadeira de Pedro!
    Sua Santidade e Bento 16!!!

    • Você que resolverá os problemas da Igreja? É uma rebelião que resolverá? Não foram os santos que sempre reformaram a Igreja? Por que então tentam por um caminho de pecado corrigir os problemas dela? É disso que estou falando, mas só os mais sábios já entenderam.

      • Seus comentários são sempre pra frente e sábios. Luz do Espírito Santo. Conte com minhas orações.

      • Mariana

        Pois é padre. Será que essas pessoas não enxergam que estão criando apenas discórdia na Igreja? Que sua opinião vociferada nas redes não vai mudar nada? Que belos católicos atacando a própria Igreja… Imagina se não fossem… Precisamos orar, e muito!

      • Estou com você, Patrícia! Você está corretíssima. Eles estão cegos ou fazendo-se de cegos. O padre faz acusações sérias e sendo muito genéricos. Eu mesmo estou muito chateado de ir às missas e esses padres de hoje em dia não celebram uma missa santa.

      • Padre, a começar pelo senhor, certo? E sem cinismo!!!! Rebelião para mim, é a forma como muitos clérigos agem. A começar pelos modernistas, que são quase todos.
        Primeiro, vá até a sua Paróquia e coloque Cristo no centro do Altar, beleza? Depois, pare de contar piadinhas nas missas e pare com essas musiquinhas que tenham coreografias ridículas. etc. Missa é o Calvário de Cristo e não festinha. Ensine os seus fieis a serem católicos de verdade e a respeitarem a Santa Missa, vestindo-se com dignidade e respeito e jamais chegarem atrasados. Só para lembrar: quem celebra a Santa Missa é o padre e não o povo. Após a Celebração da Santa Missa, dê uma tarefa cristã a cada um de nós. Ensina-nos o Evangelho e imite a Cristo! Pode não resolver os problemas da Igreja, mas ajuda a fortalecê-la.

      • Andre Chilano

        Não foram os santos que sempre reformaram a Igreja?
        Posso enumerar os santos que reformaram a Igreja a despeito de muita perseguição da própria. Muitos sendo reconhecidos bem depois de sua morte. Portanto essa obediência cega não é seguir a Igreja (corpo místico de Cristo) mas uma cômoda passividade a instituição apenas e respeito humano no lugar do temor a Deus. Não sei ainda se Francisco está certo ou errado, mas de cara não demonizo quem o critica pelo bem da Santa Doutrina.

    • Estou com você, Patrícia! Você está corretíssima. Eles estão cegos ou fazendo-se de cegos. O padre faz acusações sérias e sendo muito genéricos. Eu mesmo estou muito chateado de ir às missas e esses padres de hoje em dia não celebram uma missa santa.

  12. Obrigado Pe. Augusto, é por aí.

  13. As pessoas adoecendo espiritualmente por causa de devaneios, ideias pouco católicas, por uma espécie superficial e estranha de misticismo acadêmico, fundado em teorias mórbidas e desconexas da realidade, pensamentos mórbidos, desprovidos das virtudes teologais… se aprendêssemos a orar pelo Papa, a amar o Papa Francisco, a sofrer por ele pelas suas limitações, se pelo menos fossemos caridosos com a Igreja, com o trono de Pedro… amaríamos muito o Papa Francisco… Deus há de protegê-lo, de cuidar bem dele e de sua Igreja… um grande Papa, escolhido por Deus neste tempo em que a humanidade se vê completamente desiludida de si mesma… Deus dê forças, coragem e ânimo ao Santo Padre e que ele viva tanto ou mais que Pedro… Esqueçamos as nossas desesperanças humanas e nos voltemos a exercitar a nossa fé, esperança e caridade… as vezes, que precisa mudar mais nisso tudo, somos nós mesmos…

    []´s

    JB

  14. Tem gente que prefere ouvir “intelectuais” do que a própria Igreja.

  15. Anônimo

    Ao que parece, o reverendíssimo autor do artigo parte do pressuposto de que Papas pessoalmente ruins (como o antigo Bórgia) “necessariamente” só podem ter existido no passado. Hoje seria, “por definição”, impossível aparecer um sujeito desagradável no papado, como se Papa e papado, atualmente, fossem exatamente a mesma coisa! Eu sinceramente NÃO entendo essa contradição: TODOS reconhecem que alguns do passado NÃO foram bons (ainda que a infalibilidade em matéria de dogmas de Fé e Moral tenha sido preservada, nos poucos pronunciamentos solenes – ex cathedra), mas ALGUNS realmente dão a impressão de que “hoje não, nem EM TESE, imagina!”. Francamente não dá. Por amor à Santa Madre Igreja, desejo do fundo do coração a renúncia desse homem, pois se Bento XVI, muitíssimo melhor, fez isso, por que não ele????

  16. A ponta do iceberg desses hereges, vai ser a questão de Sua Santidade o Papa Francisco ter ido de contra a certos “demônios de estimação” que algumas pessoas tem, exemplo o egoísmo (sair de sí para ver as necessidades do próximo), outras questões vao ser, se falar no evangelho e não ter mudança de vida e em outras palavras a hipocrisia religiosa levada pelo ter e o poder… Muito bem citado pelo padre Augusto Bezerra, sobre o papa, dogma de fé, quem é Católico se ver na obrigação de aceitar esse dogma, ou não, e caso não, não é Católico, outra questão para certos “doutores da lei” se sentiram ofendidos, e até afrontados, quando ele pede que os tribunais Eclesiasticos agilizem certos pontos, que no passado se ganhavam muito mais muito dinheiro com a burocracia que se criava, vamos rezar pelo nosso Papa Francisco e pedir pela unidade da Igreja de Cristo e também pela conversão de certos corações tão perversos, que são usados pelo diabo (divisor) para trazer confusão ao seio da Igreja.
    Oremos!!!!

  17. Lembrete…

    Dogmas sobre o Papa e a Igreja

    A Igreja foi fundada pelo Deus e Homem, Jesus Cristo

    “Cristo fundou a Igreja, que Ele estabeleceu os fundamentos substanciais da mesma, no tocante a doutrina, culto e constituição.”

    Cristo constituiu o Apóstolo São Pedro como primeiro entre os Apóstolos e como cabeça visível de toda Igreja, conferindo-lhe imediata e pessoalmente o primado da jurisdição

    “O Romano Pontífice é o sucessor do bem-aventurado Pedro e tem o primado sobre todo rebanho.”

    O Papa possui o pleno e supremo poder de jurisdição sobre toda Igreja, não somente em coisas de fé e costumes, mas também na disciplina e governo da Igreja

    “Conforme esta declaração, o poder do Papa é: de jurisdição, universal, supremo, pleno, ordinário, episcopal, imediato.”

    O Papa é infalível sempre que se pronuncia ex cathedra.

    “Para compreender este dogma, convém ter na lembrança:

    Sujeito da infalibilidade papal é todo o Papa legítimo, em sua qualidade de sucessor de Pedro e não outras pessoas ou organismos (ex.: congregações pontificais) a quem o Papa confere parte de sua autoridade magistral.”

    O objeto da infalibilidade são as verdades de fé e costumes, reveladas ou em íntima conexão com a revelação divina.

    A condição da infalibilidade é que o Papa pronuncie ex catedra e só quando pronuncia “ex catedra”.

    – Que fale como pastor e mestre de todos os fiéis fazendo uso de sua suprema autoridade.

    – Que tenha a intenção de definir alguma doutrina de fé ou costume para que seja acreditada por todos os fiéis. As encíclicas pontificais não são definições ex catedra, mas também não podem estar em contradição com o Magistério Ordinário Universal.

    A razão da infalibilidade é a assistência sobrenatural do Espírito Santo, que preserva o supremo mestre da Igreja de todo erro.

    A conseqüência da infalibilidade é que a definição ex catedra dos Papas sejam por si mesmas irreformáveis, sem a intervenção ulterior de qualquer autoridade.”

    A Igreja é infalível quando faz definição em matéria de fé e costumes

    “Estão sujeitos à infalibilidade:

    – O Papa, quando fala ex catedra.

    – O episcopado pleno, com o Papa, que é a cabeça do episcopado, é infalível quando reunido em concílio ecuménico ou disperso pelo rebanho da terra, ensina e promove uma verdade de fé ou de costumes que sempre foi ensinada pela Igreja.

  18. Karla

    Observo o que diz e faz o Papa Francisco, comparo com os Evangelhos, com os ensinamentos tradicionais da doutrina de 2000 anos, com as pregações do Papa Bento XXVI (que ainda vive!), com as profecias dos últimos 200 anos, e ciente de tudo isso, me parece simplesmente impossível não chegar às mesmas conclusões racionais de Olavo de Carvalho. PORÉM, não só discordo, como acho perigosa, descuidada, não católica, a forma agressiva como Olavo tem se manifestado sobre o tema para um público tão amplo e tão despreparado (pouco conhecedor da doutrina católica), por isso compartilho da preocupação do padre autor deste blog. Os dogmas da Igreja e a obediência ao Papa não é opcional para os católicos, é obrigatória, seja ele alguém que reconhecemos como legítimo sucessor de Pedro, ou seja ele alguém que aos nossos olhos “usurpou” essa posição. Cessa a obrigação da obediência apenas e somente se o Papa claramente errar e for contra o ensinado através de Nosso Senhor Jesus Cristo! Mas esses erros papais, quem tem discernimento e autoridade para apontar publicamente e eventualmente levar o Papa a corrigi-los, são seus bispos, não nós, católicos comuns. E caso o Papa erre e não venha a aceitar a correção de seus bispos, poderá inclusive vir a ser substituído a partir de um processo desencadeado pelos mesmos. A nós católicos comuns, cabe apenas observar os posicionamentos do Papa, e respeitosamente alertar os irmãos quando necessário (se passarem a “aderir” ou “presumir” nova doutrina baseada em discursos dúbios do Papa Francisco). O fato é que legítimo ou não, Francisco está exercendo o papado “na prática”; e sabemos que foi o próprio Jesus que assegurou que o Espírito Santo irá conduzir sua Igreja até o fim dos tempos; e DEVERÍAMOS SABER também que a Igreja de Jesus NÂO É APENAS O PAPA, mas também seus bispos e todos nós, católicos comuns! Portanto sejamos vigilantes, mas não irresponsáveis e precipitados, provocando publicamente uma rebeldia contra o Papa. Lembremos que vaidade não vem do Cristo, e lembremos também que não está apenas 1 homem a conduzir a Igreja, mas O Espírito Santo PRINCIPALMENTE. Se ELE assim permitiu este papado, é porquê assim deve ser para o bem da humanidade que quiser ser participe de sua verdadeira Igreja; e a nós não cabe agredir este papado, mas sim orar, estudar, e estar vigilantes. Os bispos conduzidos pelo Espírito Santo saberão agir no tempo devido, e já começaram a fazê-lo, para esclarecer possíveis dúvidas, e corrigir possíveis erros, assim evitando desvios da verdadeira fé. Mas, se a ação dos bispos, ao invés de re-unir os católicos, acabar resultando em um cisma, os católicos cautelosos e vigilantes saberão identificar onde está a verdadeira Igreja de Cristo, não os católicos precipitados ou vaidosos.

  19. Filipe Kuteñgala Júlio

    Não sabem o que protestam. Porém não entenderam nada relacionado. Chamar-lhes católicos seria arriscar e pôr em risco a autoridade do Senhor e abalar o alicerce da Igreja.

  20. protesto com dinheiro público onde enfiam crucifixos no rabo: ok

    chamar o papa de bergoglio: heresia

    sério, esse é o senso de justiça dos católicos atuais. não fosse os milagres de Deus em minha vida eu já tinha abandonado a igreja há tempos, os fieis viraram um bando de otários e viadinhos sem senso de justiça algum. Idiotas que tem medo da própria verdade.

    • Não somos esquerdistas, tampouco da Teologia da Libertação. Visite nossos posts anti-comunistas do Blog.

      • A questão é ser relativista. padre! Quando é que vamos assistir uma Missa Santa, com padres santos e Cristo no centro da Igreja? Missa também é o Calvário de Jesus. Quando é que um padre irá corrigir os fieis e torná-los católicos de verdade? Que respeitem a Santa Missa, chegando antes do horário, vestindo adequadamente e com respeito? Missas sem histerias e coreografias ridículas? Quando será que um padre ensinará o verdadeiro sentido da missa para os fieis? Quando é que um padre vai nos fazer sentir ricos espiritualmente? Quando vamos saís dessa escuridão espiritual que a Igreja entrou após o CV II?

  21. Atencao

    Pior anti-jornalismo que já li em minha vida! Começando pelo “hereges”, me admira um padre não saber fazer uso da palavra heresia. Achei que ele realmente fosse demonstrar a heresia em que incorriam alguns católicos, mas ao ler o texto descubro que: ele usou a palavra herege simplesmente como ofensa, que no texto ele a substitui por “cismáticos” indistintamente. Não se identificam quais sejam os tais hereges, quais sejam suas heresias ou citação das referências. No texto há apenas um desespero emocional, acusações sem réu a esmo. Não há sequer a que me opor, conforme o texto motiva, porque não sei quais são as “ofensas” as quais ele se refere. A intenção de defender o papado é louvável, mas este texto é um lixo. Se somos defensores do papado, não podemos nos apoiar em texto mal escritos como este, precisamos de algo sólido e não meras verborragias, caso contrário aí sim as heresias ganham força.

    • Verdade! Eu também li o texto e interpretei da mesma forma. “Acaso um cego pode guiar outros cegos?”, como disse Nosso Senhor Jesus Cristo. Criticar o papa não é o mesmo que “atacar” o papado. É uma abordagem muito infeliz, que não tem nada a ver com heresia. Nós católicos temos sim o dever de criticar padres, bispos e até mesmo Papa, quando eles vão em sentido contrário dos ensinamentos de Cristo e da Sã Doutrina da Igreja. Discussões para manter a Igreja firme na sua santa caminhada não é rebelião, mas amor à Igreja que Cristo instituiu. Não é por sermos leigos, pois fomos batizados, que não devemos ser também guardiães da Fé Católica. Nossa Senhora, Nossa Mãe, vem nos alertando sobre este período em que estamos vivendo.

  22. isso aqui é continuação de Fátima, mas os masturbadores do papa preferem perseguir os próprios fieis que buscam a verdade.

    “Estes anúncios sobre o futuro da Itália, tomados desde 1943 a 1961, são resumidos por Spadafora em sua obra Fatima e a praga do socialismo a partir da página 69 à página 81. Irmã Elena Aiello insistentemente prenuncia:
    1), a corrupção dos costumes do mundo e particularmente na Itália;
    2º) a corrupção generalizada entre os jovens;
    3º) a confusão e o deslize entre o próprio clero da Igreja (p. 69).
    Ela prevê também:
    4) que um povo avançará a partir do Oriente para a Europa, invadindo a Itália até Roma e que “os sacerdotes, religiosos e outras pessoas inocentes serão assassinados barbaramente, as igrejas destruídas” (p 69);
    5º) que a guerra atômica começará de madrugada e durará cerca de três dias ou setenta horas e cerca de dois terços da humanidade perecerá (p 70);
    6) que o pecado manchará até mesmo as almas das crianças[14];
    7) que a punição será lançada sobre o mundo pelas mãos dos anjos e aqueles que não se arrependerem de seus pecados serão todos submersos em um mar de fogo (p 71);
    8) que a Igreja é perseguida, não só exteriormente, mas de seu interior: “falsos profetas circundam a Cristo na terra. O demônio desencadeou a mais terrível batalha contra Deus e a Igreja” (p 72.);
    9º) que “o pecado de impureza, convertido em arte sedutora e diabólica, atingiu o cume: a maioria dos homens vive na lama[15]. Não há esperança para uma era de paz: o mundo inteiro estará em guerra “(p 73);
    10º) que “o tempo não está longe e o mundo se tornará um vulcão de fogo. O tempo presente é um dos mais terríveis, e pode ser chamado a hora de Satanás”[16] (p 74.);
    11) que “a inocência das crianças é minada. Olhai: Os anjos, tendo em suas mãos recipientes cheios de fogo, estão prestes a despejá-los sobre o mundo. Este terrível flagelo virá nas primeiras horas da manhã. O céu se tingirá de vermelho, a tempestade será de fogo, várias nações devem desaparecer” (pp 75-76.);
    12) que “o leão que ruge [o Diabo, nota do editor[17]] avançará sobre a cátedra de Pedro para difundir os seus erros”[18]. (22 de agosto de 1960). O mundo caiu muito baixo, tem necessidade de castigos para ser purificado (pp. 79-80).”

  23. A Bíblia não falha: (Ratzinger e Francisco, são as duas Bestas do Apocalipse )
    1- Ratzinger sendo a primeira bests, preparou o caminho.
    2- Para o a segunda besta entrar ( Francisco )
    Isto é fato.! Comprovado, ratificadosem sombra de dúvidas.
    – Mas o pior é que: um cristão verdadeiro jamais deve rezar sequer uma ave maria para esta besta. pois todos que o fizerem se condenarao com ele.
    – As inúmeras Blasfêmias. ..
    – A cartilha satânica. ..
    – A Religião Universal Ecumênica. .
    – O sacrifício de crianças dentro dos porões do Vaticano. ..
    – As missas negras oferidas à satanás dentro dos porões do Vaticano. ..
    – A falsa Bíblia criada por eles…
    – O pacto com a maçonaria eclesiástica. …
    – A perseguição dos clérigos fiéis à Cristo…

    Tudo isto são provas irrefutáveis :
    (O ANTICRISTO JÁ ESTÁ DENTRO DO VATICANO ) As profecias de Daniel,II Tessal, Apocalipse já se cumpriram. Quando diz… ( O ímpio se sentara no trono de Deus, se fazendo como Deus, )
    Não sigam às ordens fe Francisco e não o tenham como um servo de Deus. Pois ele não tem objetivo de salvar à igreja. Mas tão somente destrui-la.

    – Quem se cala concente ao erro.
    – Quem aceita seu papado é cúmplice da traição de Judas.
    – Quem o adora, adora à satanás.
    A besta já se declarou.. o pior virá em breve, a marca da besta. Vejam abaixo:

    *O* *PLANO* *MAÇÔNICO*
    *PARA* *A* *DESTRUIÇÃO* *DA* *IGREJA* *CATOLICA*

    ( Hereges Conscientes e hereges inconscientes ), Qual a diferença entre os dois?
    RESPOSTA: É que os dois fazem tudo como às ordens aqui abaixo, obedecendo cegamente à agenda global se fingindo que são cristãos.

    *ALERTA GERAL PARA TODOS AQUELES QUE NÃO ACEITAM O ANTICRISTO REINAR DENTRO DA IGREJA*!!! (FUJAM DESTAS PRÁTICAS O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL! !!!

    Normas do grande Mestre da Maçonaria aos Bispos católicos maçons, efetivas desde 1962.
    (Posta em dia pelo Vaticano II). Todos os confrades maçons terão que referir sobre os progressos destas decisivas disposições. Reelaboradas em outubro de 1993 como plano progressivo para o passo final. Todos os maçons ocupados na Igreja têm que acolhê-la e realizá-las.

    1
    Removam de uma vez por todas a São Miguel, protetor da Igreja Católica, de todas as orações ao interior e ao exterior da Santa Missa. Remover suas estátuas, afirmando que elas apartam da Adoração de Cristo.

    2
    Removam os Exercícios Penitenciais da Quaresma como a abstinência de carne as sextas-feiras e também o jejum;
    impeçam cada ato de abnegação. Em seu lugar devem ser favorecidos os atos de alegria, de felicidade e de amor ao próximo. Digam: “Cristo já mereceu por nós o Paraíso” e “cada esforço humano é inútil”. Digam a todos que devem tomar em sério a preocupação por sua saúde. Estimulem o consumo de carne, especialmente de porco.

    3
    Encarreguem aos pastores protestantes de reexaminar a Santa Missa e de desacralizá-la. Semeiem dúvidas sobre a Real Presença de Cristo na Eucaristia e confirmem que a Eucaristia – com maior aproximação à fé dos protestantes – é somente como pão e vinho e compreendida como um puro símbolo. Disseminem protestantes nos Seminários e nas escolas. Falem de ecumenismo como caminho para a unidade. Acusem a cada um que crê na Presença Real de Jesus o Cristo na Eucaristia como subversivo e desobediente para com a Igreja.

    4
    Proíbam a Liturgia latina da Missa, Adoração e Cantos, uma vez que eles comunicam um sentimento de mistério e de respeito. Apresentem-no como feitiços de adivinhos. Os homens pararão de crer nos Sacerdotes como homens de inteligência superior, de respeitar como portadores dos Mistérios Divinos.

    5
    Dêem coragem às mulheres a não cobrir-se a cabeça com o véu na igreja. O cabelo é sexi. Pretendam às mulheres como leitoras e sacerdotisas. Apresentem a coisa como se fosse uma idéia democrática. Fundem um movimento de libertação da mulher. Quem entra na igreja tem que vestir vestidos descuidados para sentir-se nela como em casa.
    Isso debilitará a importância da Santa Missa.

    6
    Afastem os fiéis de receber de joelhos a Comunhão. Digam às monjas que devem impedir aos pequenos antes e depois da Comunhão de ter as mãos juntas. Digam a eles que Deus os quer assim como são e deseja que se sintam completamente cômodos. Eliminem na igreja de estar de joelhos e cada genuflexão. Tirem os genuflexórios. Digam às pessoas que durante a Missa devem certificar sua fé em posição erguida.

    7
    Eliminem a música sagrada do órgão. Introduzam guitarras, harpas judias, tambores, ruídos e sagradas risadas nas igrejas. Isso afastará a gente da oração pessoal e das conversações com Jesus. Impeçam a Jesus o tempo de chamar crianças à vida religiosa. Introduzam ao redor do altar danças litúrgicas com vestidos excitantes, teatros e concertos.

    8
    Tirem o caráter sagrado aos cantos da Mãe de Deus e de São José. Indiquem sua veneração como idolatria. Convertam em ridículos os que persistem. Introduzam cantos protestantes. Isso dará a impressão que a Igreja Católica por fim admite que o Protestantismo é a verdadeira religião ou ao menos que ele é igual a Igreja Católica.

    9
    Eliminem também todos os hinos a Jesus uma vez que eles fazem pensar à gente na felicidade e serenidade que deriva da vida de mortificação e penitência por Deus desde a infância. Introduzam cantos novos somente para convencer a gente que os rituais anteriores de algum modo eram falsos. Assegurem-se que em cada Missa ao menos um canto pelo qual Jesus não seja mencionado e que em vez fale somente de amor para os homens. A juventude será entusiasmada ao sentir falar de amor para o próximo. Anunciem o amor, a tolerância e a unidade.
    Não mencionem a Jesus, proíbam cada anúncio da Eucaristia.

    10
    Removam todas as relíquias dos Santos dos Altares e sucessivamente também os Altares mesmos. Substituem com mesas pagãs privadas de Consagração que possam ser usadas para oferecer sacrifícios humanos no curso das missas satânicas. Eliminem a lei Eclesiástica que quer a celebração da Santa Missa somente sobre Altares que contenham Relíquias.

    11
    Interrompam a prática de celebrar a Santa Missa na presença do Santíssimo Sacramento no Tabernáculo. Não admitam algum Tabernáculo sobre os Altares que são usados para a celebração da Santa Missa. A mesa deve ter o aspecto de uma mesa de cozinha. Deve ser transportável para expressar que ela não é absolutamente sagrada porém tem que servir para um dobro objetivo, por exemplo, de mesa para conferências ou para jogar cartas. Mais tarde coloquem ao menos uma cadeira a tal mesa. O Sacerdote tem que sentar-se para indicar que depois da Comunhão ele descansa como depois de uma comida. O Sacerdote não tem que estar nunca de joelhos durante a Missa nem fazer genuflexões.
    Nas comidas, de fato, não se ajoelham nunca. A cadeira do Sacerdote tem que ser colocada no lugar do Tabernáculo. Dêem coragem à gente a venerar e também a adorar ao Sacerdote no lugar da Eucaristia, a obedecer-lhe no lugar da Eucaristia. Digam à gente que o Sacerdote é Cristo, seu chefe. Coloquem o Tabernáculo num local diferente, fora da vista.

    12
    Façam desaparecer os Santos do calendário Eclesiástico, sempre alguns em tempos determinados. Proíbam aos Sacerdotes de falar dos Santos, exceto aqueles mencionados pelo Evangelho. Digam ao povo que eventuais protestantes, talvez presentes na igreja, poderiam escandalizar-se deles. Evitem tudo aquilo que molesta aos protestantes.

    13
    Na leitura do Evangelho omitam a palavra “santo”, por exemplo, em lugar de “Evangelho segundo São João”, digam simplesmente: “Evangelho de João”. Isso fará pensar à gente de não ter o dever de venerá-los mais.
    Escrevam continuamente novas bíblias até que elas sejam idênticas àquelas dos protestantes. Omitam o adjetivo “Santo” na expressão “Espírito Santo”. Isso abrirá o caminho. Evidenciar a natureza feminina de Deus como a de uma mãe cheia de ternura. Eliminem o emprego do termo “Pai.”

    14
    Façam desaparecer todos os livros pessoais de piedade e destruam-no. Por conseguinte desaparecerão também as Ladainhas do Sagrado Coração de Jesus, da Mãe de Deus, de São José como a preparação à Santa Comunhão. Supérfluo inclusive se tornará o agradecimento depois da Comunhão.

    15
    Façam também desaparecer todas as estátuas e as imágens dos Anjos. Por que tem que estar entre nossos pés as estátuas de nossos inimigos? Defínam-los mitos ou contos de boa noites. Não permitam o discurso sobre os Anjos uma vez que chocaria a nossos amigos protestantes.

    16
    Revoguem o exorcismo menor para expulsar aos demônios; empenhem-se nisto, anunciem que os diabos não existem. Expliquem que é o método adotado pela Bíblia para designar o mal e que sem um malvado não podem existir histórias interessantes. Em conseqüência a gente não crerá na existência do inferno nem temerá de poder-se cair nele. Repitam que o inferno não é outra coisa que estar longe de Deus e que não é uma coisa terrível este se trata no fundo da mesma vida como aqui na terra.

    17
    Ensinem que Jesus era somente um homem que teve irmãos e irmãs e que odiou aos que tinham o poder. Expliquem que ele amava a companhia das prostitutas, especialmente de Maria a Magdalena; que não soube o que fazer com as igrejas e sinagogas. Digam que aconselhou de não obedecer aos chefes do Clero, digam que ele foi um grande mestre que se desviou do caminho quando negou obediência aos chefes da igreja. Desacreditem o discurso sobre a Cruz como uma vitória, ao contrário Apresentem-na como um fracasso.

    18
    Lembrem-se que podem induzir às monjas à traição de sua vocação si se dirigem a sua vaidade, atrativo e beleza. Façam trocar o hábito Eclesiástico e isso as levará naturalmente a jogar no lixo seus Rosários.
    Revelem ao mundo que tem dissensão em seus conventos. Isso dissecará suas vocações. Digam-lhes que não serão aceitas se não renunciam ao hábito. Também Favoreçam o descrédito do hábito Eclesiástico entre a gente.

    19
    Queimem todos os Catecismos. Digam aos catequistas de ensinar a amar as criaturas de Deus em vez do mesmo Deus. Amar abertamente é testemunho de maturidade. Façam que o termo “sexo” se converte em palavra de uso cotidiano em suas classes de religião. Façam do sexo uma nova religião. Introduzam imagens de sexo nas lições religiosas para ensinar às crianças a realidade. Certifiquem-se que as imagens sejam claras. Dêem coragem às escolas de tornarem-se pensadores progressistas no campo da educação sexual. Introduzam assim a educação sexual através da autoridade Episcopal, dessa maneira os padres não terão a possibilidade de dizer nada em contrário.

    20
    Destruam as escolas católicas, impedindo as vocações de monjas. Digam às monjas que são trabalhadoras sociais com um salário e que a Igreja está a ponto de eliminá-las. Insistam que o Professor leigo católico receba o idêntico salário daquele das escolas governamentais. Empreguem professores não católicos. Os Sacerdotes devem receber o idêntico salário como os correspondentes empregados seculares. Todos os Sacerdotes devem tirar assim sua Batina Clerical e suas Cruzes para poder serem aceitos por todos. Ponham em ridículo àqueles que não se conformam.

    21
    Destruam ao Papa, destruindo suas Universidades. Tirem as Universidades ao Papa, dizendo que em tal modo o governo poderia subsidiá-las. Substituam os nomes dos Institutos Religiosos com nomes profanos, para favorecer o ecumenismo. Por exemplo, em lugar de “Escola Imaculada Conceição” digam “Escola Superior Nova”. Criem departamentos de ecumenismo em todas as Dioceses e preocupem-se que seu controle seja de parte protestante. Proíbam as Orações para o Papa e a Maria porque elas desanimam o ecumenismo. Anunciem que os Bispos locais são as autoridades competentes. Sustentem que o Papa é somente uma figura representativa. Expliquem à gente que o ensino Papal serve somente à conversação, que ela de outro modo não tem nenhuma importância.

    22
    Combatam a autoridade Papal, colocando um limite de idade a seu exercício. Reduzam-na pouco a pouco, expliquem que é para preservá-lo do excesso de trabalho.

    23
    Sejam audazes. Debilitem ao Papa introduzindo sínodos Episcopais. O Papa se tornará então somente como uma figura de representação como na Inglaterra onde a Câmara Alta e aquela Baixa reinam e deles a rainha recebe as ordens. Sucessivamente debilitem a autoridade do Bispo, dando vida a uma instituição concorrente a nível de Presbitérios. Digam que os Sacerdotes recebem em tal modo a atenção que merecem. Ao final debilitem a autoridade do Sacerdote com a constituição de grupos de leigos que dominem aos Sacerdotes. Deste modo se originará um tal ódio que abandonarão a Igreja e até os Cardeais e a Igreja será democrática… a Igreja Nova…

    24
    Reduzam as vocações ao Sacerdócio, fazendo perder aos leigos o temor reverencial por eles. O escândalo público de um Sacerdote destruirá milhares de vocações. Louvem aos Sacerdotes que por amor de uma mulher souberam deixar tudo, definem-no heróicos. Honrem aos Sacerdotes reduzidos ao estado laical como autênticos mártires, oprimidos a tal ponto de não poder suportar mais. Também condenem como um escândalo que nossos confrades como maçons no Sacerdócio tenham que ser notados e seus nomes publicados. Sejam tolerantes com a homossexualidade do Clero. Digam à gente que os Curas padecem de solidão.

    25
    Comecem a fechar as igrejas à causa da escassez de Clero. Definem como boa e econômica tal prática. Expliquem que Deus escuta em todos os lados as orações. Neste caso as igrejas se convertem em extravagantes desperdício de dinheiro. Fechem antes de tudo as igrejas em que se praticam piedade tradicional.

    26
    Utilizem comissões de leigos e Sacerdotes débeis na fé que condenem e assegurem sem dificuldade cada aparição de Maria e cada aparente milagre, especialmente do Arcanjo São Miguel. Assegurem-se que nada disto, de nenhuma maneira receberá a aprovação segundo o Vaticano II. Denominem desobediência respeito à autoridade se alguém obedece às Revelações ou se alguém reflete sobre elas. Indiquem aos Vigentes como desobedientes respeito à autoridade Eclesiástica. Façam cair seu bom nome em desestima, então ninguém crerá nestas revelações.

    27
    Escolham a um Ante Papa. Afirmem que ele reconduzirá aos protestantes na Igreja e talvez até os Judeus. Um Ante Papa poderá ser eleito se fosse dado o direito de voto aos Bispos. Então muitos Ante Papas serão eleitos assim que será instalado um Ante Papa como compromisso. Afirmem que o verdadeiro Papa è morto.

    28
    Tirem a Confissão antes da Santa Comunhão para os alunos do segundo e terceiro ano para que a eles não importem nada dela quando freqüentem quarto e quinto e depois as classes superiores. Então A Confissão desaparecerá. Introzam, (em silêncio), a confissão comunitária com a absolvição em grupo. Expliquem à gente que a coisa sucede por causa da escassez de Clero.

    29
    Façam distribuir a Comunhão por mulheres e leigos. Digam que este é o tempo dos leigos. Comecem dar a Comunhão na mão como os protestantes, em vez de dar na boca sobre a língua Expliquem que Cristo fez do mesmo modo. Recolham algumas hóstias para “missas negras” em nossos templos. Depois distribuam no lugar da Comunhão pessoal uma taça de hóstias não consagradas que se podem levar consigo à casa. Expliquem que deste modo se podem receber os dons divinos na vida de cada dia. Coloquem distribuidores automáticos de hóstias para a comunhão e denominem-no Tabernáculos. Digam à gente que se deve dar o sinal da paz. Dêem coragem à gente a deslocar-se na igreja para interromper a devoção e a oração. Não façam Sinais de Cruz; no seu lugar façam o sinal da paz. Expliquem que também Cristo se deslocou para saudar aos Discípulos. Não permitam alguma concentração em tais momentos. Os Sacerdotes devem dar as costas à Eucaristia para honrar ao povo.

    30
    Depois que o ante papa for eleito, tirem os sínodos dos Bispos como as associações dos Sacerdotes e os conselhos paroquiais. Proíbam a todos os religiosos de pôr em discussão, sem licença, estas novas disposições. Expliquem que Deus quer a humildade e odeia aos que aspiram a glória. Acusem de desobediência respeito à autoridade Eclesiástica todos os que põe interrogações. Desanimem a obediência a Deus. Digam à gente que tem que obedecer a estes superiores Eclesiásticos.

    31
    Concedam ao Papa (=Ante Papa) o máximo poder de eleger aos mesmos sucessores. Ameacem sob pena de excomunhão a todos os que amam a Deus de levar o sinal da besta. Não o chamem porém “sinal da besta”. O Sinal da Cruz não tem que ser feito nem usado sobre as pessoas ou através delas, (não se deve benzer mais). Fazer o Sinal da Cruz será designado como idolatria e desobediência.

    32
    Declarem falsos os Dogmas anteriores, exceto aquele da infalibilidade Pontifícia. Proclamem a Jesus o Cristo um revolucionário frustrado. Anunciem que o verdadeiro Cristo presto virá. Somente o Ante Papa eleito tem que ser obedecido. Digam às gentes que devem inclinar-se quando seja pronunciado seu nome.

    33
    Ordenem a todos os seguidores do Papa de combater em santas cruzadas para estender a única religião mundial. Satanás sabe onde se encontra todo o oro perdido. Conquistem sem piedade o mundo!
    Tudo isso levará à humanidade o quanto ela sempre desejou: “a época de oro da paz.”

    *HEREGES SÃO TODOS AQUELES QUE SE FINGEM QUE SÃO SERVIDORES DE CRISTO E TRABALHAM PARA O DIABO DENTRO DA IGREJA E EM TODO SETOR DA SOCIEDADE.*

  24. Afonso

    …santo Papa?! Deus é o único Padrão de Santidade! E quem disse que a igreja Católica é a IGREJA que Deus Requer?!

    • Mariana

      Ora Afonso, quando Jesus Cristo disse “tu és Pedro e sobre essa pedra edificarei a minha Igreja” você acha que ele se referia a que?

  25. Raimundo Alves

    https://youtu.be/8QBvJXg2Ru0
    Olá, convido você a assistir este vídeo motivacional e a acompanhar os próximos vídeos caso queira.
    É só clicar neste link acima para entrar no endereço do vídeo.
    Lá, abaixo do vídeo tem dois botões um é curtir gostei, o outro ao lado é inscrever-se (Para isso tem que está conectado e digitar sua senha de login).
    Clica em inscrever-se e pronto, já estará registrado para receber os próximos vídeos automaticamente.
    São vídeos motivacional, informativo e reflexivo que abrange agentes de pastoral, leigos, leigas e ministériados de movimento.

    Tem um vídeo motivacional e informativo uma vez por semana e o próximo tema será: SUAS DIFICULDADES HOJE PODERÃO AJUDÁ-LO AMANHÃ.

    Compartilhe e convide seus amigos para estes estudos e reflexão motivacional.

    Forte abraço! ?

  26. O Olavo dizia que o Papa João Paulo II era globalista. Disse que Bento XVI praticava ritual satânico. E agora diz que o Papa Francisco não é legítimo. Então ele acha legítimo Bento XVI que acusou de satanista? Se quiser mostro os vídeos!

    • se ele disse isso até entendo tanta raiva, mas olha esse aqui

      • Esse Padre Paulo Ricardo é um bom exemplo a ser seguido para os demais padres! Eu tiro o chapéu para ele. Esse conhece e sabe transmitir a Fé católica com conhecimento e sabedoria.

    • Tenha humildade, padre, e aprenda ouvir a voz dos mais velhos que tenham conhecimento. Garanto que o Prof. Olavo tem ajudado a muitos católicos a conhecerem melhor a igreja e amá-la ainda mais, ainda mais por meio de um leigo desbocado, que ainda por cima, não é relativista moral. Vá atacar o hereges, mas aponte quem os são de verdade e o porquê os são!

    • Andre Chilano

      Mostre….

  27. kkkkk Será que ninguém aqui tem rosário não? Muita curiosidade!!! Não adianta saber quem é o Anti-Cristo ou Antes de Cristo conforme a irmanzinha da RCC kkk sem santidade não adianta!!! Quando a chapa esquentar Só a santidade será cobrada com ou sem Papa. Roma passará tudo passará. Tudo já foi revelado!!! Agora é só guardar o que foi ensinado, o que vier de novo seja anatemizado e contradiz a verdade da doutrina seja anatemizado. “Mas, ainda que alguém – nós ou um anjo baixado do céu – vos anunciasse um evangelho diferente do que vos temos anunciado, que ele seja anátema. … Viva os Santos!!! viva Maria Santíssima!!! VIVA CRISTO REI!!!

  28. Andre Chilano

  29. Templário

    O Espírito Santo também não deu a liderança da Igreja Católica para Francisco, ele usurpou o trono. Chatageou Ratzinger para lhe roubar o trono. É um farsante em tudo. Cristo não era comunista.

  30. Cristian

    Já Chega de tanta eresia e maledicência , quanto desrespeito …vcs julgam sem saber e mesmo assim se sentem no direito de julgar…Deus deu a poucos esse direito e nem eles o fazem , q direito tem vcs , q conhecimentos tem vcs …estudem busquei ao máximo e a verdade vos libertará…. o cisma na realidade surge a parte da aceitação ou da criação de pensamentos…..sendo q a igreja tem um único , como o próprio Cristo é um. Parem de falácias protestantes e lembremos q os jesuítas levaram a igreja de Cristo até o confins do mundo pela verdade do Espírito Santo e a força do homem..Deus seja louvado para sempre na única e cristã igreja catolica de todos nós não só em Roma q é a sede…..

    • Quanto histerismo! Isso é um debate teológico. Realmente, “eresia” ´é uma heresia. Se não não sabe português corretamente, não escreva. Está cheio de erros e ainda vem com esses “q” e “vcs” (sic)

  31. Esse olavetes sempre a um passo do acampamento do diabo.São cismáticos,seguidores de Lúcifer e semeadores de confusão.

  32. Esses olavetes sempre a um passo do acampamento do diabo.São cismáticos,seguidores de Lúcifer e semeadores de confusão.

  33. Anônimo

    Nunca na minha vida vi tanto escândalo de um papa, anda de mãos dadas com padre que defende o grave pecado do homossexualismo.
    Lava o pé de travesti e da comunhão! Quem é herege?
    Manda perdoar o pecado do Aborto!

  34. Icaro

    Prezado Padre, acaso existe um santo publico e notório vivo, fruto da nova Igreja, ao qual possamos recorrer??? Parece que o último santo anterior à nova Igreja foi São Pio, cujo corpo está incorruptível. Parece que o modernismo e os atos do Papa estão desmontado o ambiente monástico e místico da Igreja, substituindo-o por uma “praxis” pastoral que exclui de seu discurso e vivência o sobrebatural, substituindo por um pastoralismo socialista, impedindo o aparecimento e florescimento de novos “Santos Pios” que inclusive combatiam o modernismo clerical. Onde estão e quais os nomes destes santos atuais, se é que subsistem ainda em algum canto esquecido da nova Igreja???Com todo o respeito que o Padre merece.

  35. alline

    Sérgio Sampaio,atenção e patrícia estão de parabéns pela boa defesa da fé católica ???? se pelo menos a maioria estivesse bem instruídos ñ iam cair nesses erros grotesco de padre modernista

Comments are Closed

Theme by Anders Norén

Faça sua contribuição para o nosso serviço de evangelização. Invista na salvação das almas e no crescimento da mídia católica.

espaço espaço