Ex-militante esquerdista abandona a luta ideológica para viver a fé católica, e hoje é seminarista

Rio de Janeiro – 8 nov, 2016 – Compartilho com vocês um breve testemunho de um ex-militante da esquerda que se converteu ainda durante a sua juventude da luta ideológica do marxismo cultural e político. Hoje Jonathan Santana (Facebook) já está a caminho do sacerdócio, e é seminarista na Arquidiocese do Rio de Janeiro.

O testemunho dele é um alerta aos jovens para a incompatibilidade entre o marxismo e a fé cristã.

Depois publicaremos uma entrevista com ele aqui em nosso Blog para explorar um pouco mais essa temática tão importante e que faz parte do dia-a-dia da nossa juventude.

Baixe o aplicativo do Blog para Android  Clique Aqui

“Meu nome é Jonathan Santana, fui ex-Secretário de Escolas Técnicas da AERJ/UBES. Qualquer jovem que quiser militar pelos movimentos da esquerda sendo uma pessoa combativa e revolucionária, conhecerá a força de tais entidades estundantis. Pois bem, por três anos consecutivos fui também o presidente do Grêmio do meu colégio, uma das unidades da Rede Faetec. No Rio, ajudei a mobilizar milhares de jovens pelo passe livre e por várias conquistas junto a Faetec. Como se não bastasse, era filiado ao PCR (Partido Comunista Revolucionário) partido irmão do Partido Comunista de Cuba e amiguinho do PSOL.

Estudei o Marxismo – Leninista/Stalinista dos 15 aos 20 anos. Tive reuniões com secretários do Estado, Ministros, com o Ex-Governador (Cabral) e com o atual prefeito, Eduardo Paes.

Resumo da história: concomitantemente ao período de conversão à Cristo pela Sua Igreja, fui percebendo o quanto era impossível ser bom católico e autêntico comunista. Descobri o quanto a intenção do partido era destruir essa sagrada e natural instituição chamada família.

Fui descobrindo os planos sórdidos de quem usava os jovens que eu recrutava para o partido e me usava: no fim, só queriam conseguir poder e dinheiro do governo. E como conseguiam! Para isso, ensinavam quaisquer absurdos, contavam as maiores mentiras e manipulavam as pessoas de um modo sem igual.

Hoje, liberto desse vírus comunista, anticristão, e antifamília, sou seminarista. Estudo para ser padre e tento reparar os males que cometi enquanto estive no meio deles, inclusive, ensinando coisas que esclareçam as pessoas nessas matérias, tentando alertar que há uma multiplicidade de idéias maquiavelicamente pensandas para destruir a tudo e a todos que se opuserem aos seus projetos, que por um tempo também foram meus, planos de dominação.

Não se deixe enganar. Não se iluda tão facilmente. O Comunismo com tudo o que ele ensina contra os valores cristãos não passa de farsas. Um jovem inteligente e crítico não caiará por muito tempo nessa feito um patinho. Não dá para ficar eternamente enganado.

Não se volte contra os seus em nome das loucuras que ensinam na escola. Fique atento. Muitos dos seus professores não são acadêmicos, mas militantes disfarçados.

Oremos pelas famílias que infelizmente estão perdendo os seus filhos para grupos de fanáticos. Que o Espírito Santo de Deus guie e ilumine os nossos jovens”.

Em breve teremos a entrevista aqui no Blog. Fique ligado!

Comentários

Comentários

1 comentário sobre “Ex-militante esquerdista abandona a luta ideológica para viver a fé católica, e hoje é seminarista”

  1. As apoiar um senador que pertence a uma igreja que ataca as instituições catolicas também inaceitável!

Comentários estão fechados.