A militância teima em ocupar o CP II apesar de ações no MPF e nota oficial do MEC

Rio de Janeiro – 21 out, 2106 – Incitando os alunos à ocupação do Colégio Federal Pedro II, apoiada por meio de várias ações do Sindicato dos Servidores do Colégio Pedro II (SINDSCOPE), a militância que atua na ocupação ignora às ações em tramitação no MPF e a advertência do MEC. E, segundo fontes, estão sendo preparadas mais ocupações.

received_978156138961001
Nota Oficial do MEC sobre a ocupação

Mesmo com a manifestação dos pais e com as medidas judiciais em andamento, a afronta cresce mais ainda contra os responsáveis  dos alunos.

Estão intensificando a chamada entre os alunos e professores para participar da manifestação. A unidade de Realengo já se encontra ocupada pela militância. Enquanto isso, algumas fontes apontam para uma eventual ocupação da unidade de São Cristóvão para breve.

Baixe o aplicativo do Blog para Android  Clique Aqui

Os pais estão atentos a toda movimentação da reitoria e da direção das unidades, que decidiram entrar persistentemente numa queda de braço com os pais. Eles vêm lutando em várias frentes: contra a ideologia do gênero no ensino dos filhos, contra o movimento LGBT que tomou as rédeas do colégio, contra a doutrinação comunista disfarçada em busca por direitos, e contra as forças partidárias políticas envolvidas na ocupação.

Segue a nota do CONANDA que tenta justificar a ocupação liderada pela militância política com diversos artifícios dizendo que tudo se trata de direitos das crianças e adolescentes de se manifestarem ocupando as unidades. Ora, sabemos que na verdade os alunos estão sendo usados como “armas” e “escudos” para as suas segundas intenções.

received_978157045627577

Continuaremos ligados e atualizando vocês  das informações sobre o caso CP II através de nossas fontes. Fiquem ligados.

Comentários

Comentários

2 comentários sobre “A militância teima em ocupar o CP II apesar de ações no MPF e nota oficial do MEC”

  1. Que Deus continue abençoando esses pais, professores e alunos que resistem ao comunismo para que triunfem sob Deus e a nossa bandeira que jamais será vermelha.

Comentários estão fechados.