Crítica, Notícias

Os professores não são donos dos seus filhos: resgatem as crianças sequestradas!

Rio de Janeiro – 19 out, 2016 – Chegou a hora dos pais se erguerem para se apossarem do sistema de ensino e adequarem com sua participação direta o ensino moral nas escolas.

Não pode ser admissível que duas morais sejam ensinadas a uma mesma criança, uma em casa pelos pais, autoridade maior sobre os filhos, e outra no colégio, os que devem ser auxiliares da educação, e são empregados do Estado, e portanto, dos pais que pagam impostos, ou ainda empregados de um colégio particular que os pais elegeram por se configurar ao perfil pedagógico compatível com suas diretrizes familiares.

Baixe o aplicativo do Blog  Clique Aqui

É tempo de criar conselhos de pais, grupos de comunicação entre os responsáveis, monitorar o esquema pedagógico do colégio, fiscalizar murais, trabalhos, provas e livros, bem como serviços virtuais do colégio. Os pais de uma criança não precisam fazer isso sozinhos. Façam com outros, senão fica difícil dar conta do recado.

Ou os pais fazem essa revolução na sua participação educacional ou os seus filhos continuarão sendo sequestrados por ideologias insanas à seleção de seus “educadores”.

O caso público do Colégio Pedro II no Estado do Rio de Janeiro é apenas um demonstrativo do que vem acontecendo em tudo que é escola pelo Brasil afora.

Está na hora das famílias irem às ruas, marcharem contra os falsos valores, exigirem respeito a sua autoridade sobre os filhos, pararem o MEC e as investidas do Estado contra a moral familiar.

Como o diabo possui um corpo, um regime estudantil malévolo se apossou dos filhos roubando-lhes de seus pais. E só há uma maneira de exorcizá-lo: os próprios pais enfrentarem esses “demônios” e expulsá-los de onde estão.

Organize grupos de pais no colégio de seu filho. Entre em ação no seu município e região. Acionem à justiça de maneira coletiva quando se fizer necessário. Mas não entreguem seus filhos de mãos beijadas. O Estado não é absoluto sobre eles, nem o colégio, nem os professores, mas vocês receberam naturalmente essa autoridade educacional absoluta até que se complete o tempo deles e cheguem à maturidade.

Esta é a hora de mostrar a força social das famílias, de amansar as feras bravas, esses selvagens que querem tornar os seus filhos como eles. Não respeitam a ingenuidade das crianças e dos jovens. Tudo para eles é o instrumento da sua revolução cultural, ideológica e política. Sim, é um fato doloroso e que nos indigna, não respeitam os inocentes, e tão pouco aos pais. E querem fazer dos seus filhos uma colônia ideológica para privatizar as suas mentes para os falsos valores contra as famílias.

Está cansado desse fardo? Una forças com outros que sentem o mesmo e tornem-se pais combativos juntos, não pela violência, e sim pelas ações objetivas segundo o direito que têm as famílias perante o Estado. Ou vivemos sob uma ditadura em que os pais não tem direito sobre os filhos? Então vamos usar de nossa liberdade para fazer o que deve ser feito e impedir o avanço da colonização ideológica.

Pais, vocês são mais, de um número muito maior, de direitos inquestionáveis, e a lei está ao seu lado num estado democrático de direito.

Quero encontrá-los nas batalhas pró-família, pois não estarão sozinhos. Sei que há muitos que estão dispostos a encararem esse fronte junto com vocês, eclesiásticos, comunidades, grupos de mídia independentes, inclusive cristãos, alguns políticos e educadores, homens do judiciário, etc. Sigamos fortes na luta. Não esmoreçamos. Confiamos de que a família sairá invicta se assumir o seu papel social com persistência e fortaleza.

Comentários

Comentários

21 Comments

  1. por que o senhor tirou do teu blog o recurso de compartilhar no face?

  2. marisediass

    Padre Família não Pode perder o sentido pelo qual Deus designou, os cristãos as pessoas de Boa vontade . competência vamos luta .contra todas Nova era maligna.

  3. Alcione

    Coloquem para fora esses professores comunistas fundamentalistas!! Eles são uma doença na sociedade!! São aqueles mais incapazes, que nunca conseguiram suas realizações profissionais e pessoais . Lhes sobrou como opção dar aulas. Não desejo depreciar os autênticos professores, que merecem louvor. Mas esses comunistas passam a vida desejando se vingar da sociedade e, para realizar essa vingança , se afiliam a setores que fazem oposição a ela pelo simples desejo de provocar dano . Não há um ideal legítimo em seus planos, apenas inveja !

  4. Anônimo

    Inclua o compartilhamento, por favor. Seu artigo é muito oportuno, e importante.

  5. Marcia Regina Vaz

    Ja reclamei com a coordenadoria da escola ( particular de São Paulo) da minha filha sobre conteudos que considerava ideologicos. A resposta foi que os livros para chegarem à escola devem obrigatoriamente passar pelo MEC. Caso não possuam ” determinados ” conteudos, as editoras não conseguem ter seus livros aprovados para serem colocados a venda …..Assim,todasos livros possuem estes ” determinados conteudos” e todas as escolas acabam obrigadas a adotar um livro ou outro. Mas todos tem o que o MEC exige. Ó problema é que o MEC está aparelhado com soldados das ideologias esquerdista. Enquanto não se fizer uma limpeza nos órgãos públicos, estas coisas continuarão acontecendo e nossos filhos continuarão a mercê destas pessoas e suas ideologias.

  6. Gostaria de esclarecer que não é ideologia de gênero, mas igualdade de gênero.
    O ensino da igualdade de gênero é respaldada e incentivada pela política educacional da ONU, que inclui no seu conselho de segurança países liberais e de direita como os EUA, Alemanha e Inglaterra.
    O que queremos ensinar é que as diferenças genéticas não deveriam basear toda uma cultura de exclusão dos direitos das mulheres e outras minorias.
    Coloco o link da ONU para maiores esclarecimentos.
    Estou á disposição para fornecer outros sites oficiais sobre o tema.
    Grata, Danielle

    https://nacoesunidas.org/unesco-defende-educacao-sexual-e-de-genero-nas-escolas-para-prevenir-violencia-contra-mulheres/

    https://nacoesunidas.org/pos2015/ods5/

    http://www.onumulheres.org.br/programasemdestaque/genero-na-escola/

    • A ONU não manda nas famílias, nem nosso país, nem qualquer lei estrangeira. No Brasil quem mandam são os brasileiros. E vá a ONU com seus lobbys para Marte.

      Igualdade de gênero é apelido de ideologia do gênero. O nome não muda a ação. Podem até chamar de Alcoólicos Anônimos, e continuará sendo o que é.

      • Neide

        Pé.Augusto Bezerra parabéns por sua resposta, Meus filhos graças a Deus não passaram por esse assunto abominável.

      • DANIELLE FREIRE DOMINGUES

        Prezado Padre
        Gostaria de esclarecer que o Brasil é signatário da ONU, o primeiro a assinar. Desta forma, somos sim influenciados pelas suas políticas.
        Acredito que o senhor deva ler mais sobre educação.
        São Paulo regido por mais de 20 anos de governo tucano (PSDB) adota o ensino da igualdade de gênero, inclusive agora sob o governo do adepto declarado da ala mais conservadora do catolicismo. Os EUA, país cristão conservador ensina igualdade de gênero .
        Países não adeptos desse agenda afirmativa: todos sobre o regime do fundamentalismo religioso.

      • Anônimo

        Estou com o Padre nos estamos no Brasil,não somos macacos de imitação.
        Força Padre Augusto Bezerra ! Os demônios são a minoria.não desista.

      • Anônimo

        NEM TODOS OS BRASILEIROS SÃO CRISTÃOS, grata!

  7. Luiz Alberto Ayub santos

    Como é triste ver que tantas pessoas ainda acreditam nas justificativas apresentadas pelos invasores/grevistas/comunistas. Eles fazem uma coisa dizendo que estão fazendo outra. Se as justificativas de que se valem são sempre bonitas, por que os resultados nunca sao? A resposta é simples: de boas intensões o inferno está cheio.

  8. Thaís Borges

    É isso aí!!!! Vamos tirar as crianças das escolas e manter elas em casa!!!! No máximo, catequese até os 10 anos! É pois elas podem começar a trabalhar nas carvoarias e plantações de cana aos 12 anos! Afinal alguém tem q garantir a sustentabilidade dos latifúndios!!!! Afinal a Igreja Católica tem tantos né? Publique se for homem

  9. aline Pereira

    Você apaga os cometários que lhe desagrada? O que é isso padre? Medo de críticas ou incapacidade de conversar?

    • aline Pereira

      * ” comentários que lhe desagradam”

    • O Blog não é democrático e é propriedade privada. Se acho que algo não convém, meu spam entra em ação sem dúvida. Sugiro que quem não gostar faça um Blog para concorrer com as idéias aqui defendidas. Tenha o trabalho e faça militância, desaforos e enfrentamentos em outro lugar.

      • DANIELLE FREIRE DOMINGUES

        Eu acho no mínimo contraditório reclamar da ONU por não conter guerra e ao mesmo tempo incentivar ações de ódio e intolerância.
        Acho que o senhor precisa conhecer melhor seu chefe (Jesus) e seus assessores (são Francisco de Assis entre outros).
        Fica a dica

Comments are Closed

Theme by Anders Norén

Faça sua contribuição para o nosso serviço de evangelização. Invista na salvação das almas e no crescimento da mídia católica.

espaço espaço