Seção do Papa Pio XI foi excluída do site da Santa Sé por causa ainda desconhecida

Rio de Janeiro – 18 out, 2016 – Hoje fiéis leigos começaram a relatar uma falha no acesso a documentos importantíssimos no site da Santa Sé na seção do Papa Pio XI. Logo se deram conta de que toda a seção havia caído. A encíclica mais procurada atualmente pelos fiéis do pontífice é a “Divinis Redemptoris” que expõe toda a condenação por parte da Igreja contra o comunismo ateu e todas as suas fundamentações marxistas.

Toda vez que se tenta acessar a seção, a navegação é redirecionada para a página principal da Santa Sé.

Um programador confirmou que a seção foi excluída por ação interna. Nenhum veículo de comunicação oficial noticiou o fato ou deu explicações pela seção inteira ter sido removida desde 12 de setembro. Outras seções de outros papas não mostraram a mesma falha.

As últimas atividades podem ser verificadas a partir desse link que mostra que o conteúdo foi encerrado há mais de um mês:

http://web.archive.org/web/20160912200334/https://w2.vatican.va/content/pius-xi/it.html

Guardem seus PDFs e outras fontes acessíveis ao conteúdo dos documentos de Pio XI, principalmente a Divinis Redemptoris, uma vez que não sabemos se o que aconteceu levou a perda de dados digitais permanente ou se existe backup para a reposição dos dados futuramente. Podemos ficar sem acesso a alguns documentos por meses se for o caso de perda total. Enquanto isso, esperamos que o mistério da seção Pio XI se resolva logo, o quanto antes.

Se quiser conferir, é só tentar acessar a seção através dos links:

Seção de Pio XI

http://w2.vatican.va/content/pius-xi/it.html

Divinis Redemptoris

http://w2.vatican.va/content/pius-xi/pt/encyclicals/documents/hf_p-xi_enc_19370319_divini-redemptoris.html

Comentários

Comentários

4 comentários sobre “Seção do Papa Pio XI foi excluída do site da Santa Sé por causa ainda desconhecida”

  1. A fumaça de Satanás entrou no Vaticano!

    Que o Senhor nosso Deus nos proteja e María Santíssima, nossa mãe nos defenda.

Comentários estão fechados.