OMS e UNICEF usam vacinas para controle de natalidade, denuncia a Igreja Católica

images

A Conferência Episcopal do Quênia denunciou que a vacina anti-tétano da OMS é contra a fertilidade. A denúncia consta de um comunicado dirigido à agência Fides, tornado público em dia 18 de Fevereiro de 2015.

Segundo o documento, “30% das ampolas colectadas durante a campanha antitetânica, patrocinada e promovida pela Organização Mundial da Saúde e pela UNICEF, contêm HGG”.

A comissão técnica foi encarregada pela Igreja Católica e o Ministério da Saúde de verificar se nas vacinas utilizadas na campanha antitetânica havia a subunidade Beta HCG, que faria delas um instrumento sub-reptício de controlo da natalidade. A equipa científica examinou a campanha de vacinação antitetânica realizada entre Março e Outubro de 2014, em todo país.

O Ministério da Saúde retirou-se da Comissão conjunta às vésperas da publicação do relatório final, que demonstra que 30% das ampolas examinadas, provenientes de estoques utilizados na campanha patrocinada pela OMS e a UNICEF, contêm a subunidade Beta HCG.

“É imoral e antiético que a OMS e a UNICEF patrocinem e financiem uma campanha desumana como esta em nosso país”, afirmam os Bispos, que pedem que “tais organismos se desculpem com as crianças e as mulheres do Quênia”, cuja confiança foi traída. “Nenhuma campanha de vacinação deve ser promovida sem precisos controlos das vacinas utilizadas antes, durante e depois de sua administração”, conclui o comunicado.

PSX_20160801_125713

Fonte: O Apostolado

Comentários

Comentários

5 comentários sobre “OMS e UNICEF usam vacinas para controle de natalidade, denuncia a Igreja Católica”

  1. LÍDERES COMUNITÁRIOS SÓS, ELES NADA PODEM!

    Ao se especializar em seu ofício negando os acontecimentos em seu entorno, adquire a cegueira utópica cuja razão é levada a desconsiderar os instintos natos, por já não ter referências sólidas do que realmente a capacidade humana seja capaz quando de posse do poder; subjugam os que aos seus pés erguem suas cabeças miseráveis aceitando os desmandos se conformando com migalhas!

    A cultura se perdendo em meio aos avanços tecnológicos que não se serve para a manutenção da vida, mas útil aos poucos que se dão ao direito de controlar até a ordem natural das coisas! Caso lhes fosse dado acesso ao espírito seriam capazes de modificar sua essência!

    O mundo está incrédulo que um grupo se mobilizaria de tal forma a exterminar seu próprio espécime, não acreditam por não se verem nutrindo tais ideais, mas isso é fruto de paradigmas; um sentimento individual, quando se sabe que cada cabeça tem sua própria conexão com os fatos em função da sua moral e das ideais que alimenta!

    Tudo tão claro para uns e tão turvo para outros! Seria a seleção natural em curso?

    Sendo essa a realidade, aonde se encaixa os que gritam e, sua voz parece se perder em meio aos que estão caminhando para o precipício???

    Somos os líderes de nossa existência, delegar as escolhas a terceiro é abrir mão de si mesmo!

    Toda especialização é um erro! Parece estúpido esta declaração, no entanto a especialização serve aos donos do rebanho de ruminantes, que não terão outra realidade a não ser aquela a qual se acha o especialista! Sendo que tudo está interligado, quando digo tudo, é exatamente tudo! E se focar em uma diminuta parte desse todo é se introverter diante da imensidão que se mira na linha do horizonte!

    Para ter uma visão real do que está em curso é necessário ver um pouco de cada coisa, mesmo que esta ou aquela seja ruim; elas existem e está aí por algum motivo, se negar a ver as coisas por não querer se aborrecer, ou o pior se enganar, é uma escolha tão igual a brincar de roleta Russa, um dia acaba sendo fatal!

    Tudo que está ocorrendo mesmo que duvide é para promover a redução populacional! Seja na política, seja na saúde, seja na cultura! Quanto mais ignorantes, doentes e fracos, mais fáceis de controlar e é isso que está acontecendo!

    Abordar o assunto das vacinas no campo filosófico, moral é se abster da realidade, é enveredar por caminhos sem saída!

    O momento é delicado, temos que sair do sentimentalismo e dentro de tudo que está aí explicitamente na cara de todos, começarmos a nos preocupar como iremos barrar tudo isso; um trabalho árduo e já sem tempo, pois são poucos os lúcidos e estes já se desanimam por ver que todos estão cheios de si, e que o que os outros falem nada lhe diz respeito!

    As vacinas é só uma ponta da realidade, esta quer impedir a reprodução, anular a capacidade dos jovens de procriar e criar uma sociedade de velhos e incapazes!

    A estrada que estamos trilhando está em encostas íngreme e se não nos dermos às mãos muitos cairão porque só nada se sustenta!

    Abraços!

    Roberto Maracajá Junior!
    06-07-16 16:27

      1. familias de baixa renda (responsaveis pela maior parte do aumento da populaçao, cerca de 156 pessoas a mais/minuto :saldo nascimentos – mortes).e se todo esforço e custo gastos em divergencias fossem destinados a anseios comuns?

Comentários estão fechados.