A Santa Sé adverte aos cristãos a orarem continuamente por Asia Bibi

Islamabad, 11 abr (RV) – A Igreja no Paquistão celebrará no próximo dia 20, quarta-feira da Semana Santa, o Dia de Oração por Asia Bibi e por todas as vítimas da lei sobre a blasfêmia.

Asia Bibi que tem 45 anos e professa a fé cristã-católica fora condena a morte por blasfêmia. Asia Bibi estava sendo continuamente pressionada no trabalho a deixar o cristianismo e abraçar a fé mulçumana. Tendo se fatigado da insistência, ela declarou veementemente num ato de sincera confissão religiosa: “Jesus está vivo, mas Maomé está morto. Nosso Cristo é o verdadeiro profeta de Deus!”  O suficiente para que fosse levada ao tribunal e fosse sentenciada à morte. Asia Bibi está gravemente enferma e tem sofrido contínuos maus-tratos na prisão.

A  iniciativa de dedicar a quarta-feira da Semana Santa, próximo dia 20,  como um dia de oração universal da Igreja por Asia Bibi foi lançada pela Fundação Masihi, a fim de que todas as  Igrejas cristãs espalhadas pelo mundo inteiro se sintam chamadas a esse dever de consciência cristã de orar pela vida de Asia Bibi. O organismo “pede aos homens e mulheres de boa vontade para que se unam em oração e acendam uma vela, implorando a Deus a salvação e a libertação de Asia Bibi e de todos aqueles que sofrem as conseqüências das falsas acusações de blasfêmia” – ressaltou o diretor da Fundação Masihi, Haroon Masih.

O Bispo de Multan, Dom Andrew Francis, Presidente da Comissão para o Diálogo Inter-religioso na Conferência Episcopal do Paquistão, aderiu à iniciativa e frisou que “a oração é um instrumento importante para os fiéis paquistaneses que confiam na obra de Deus”. Também as Pontifícias Obras Missionárias no Paquistão aderiram ao evento, afirmando que tal iniciativa ajudará a sensibilizar as comunidades locais.

Também aderiram à iniciativa de oração, vários mosteiros femininos da Espanha e Itália. As monjas rezarão por Asia Bibi e para que o Senhor Ressuscitado abra os corações de todos a fim de que seja edificado o seu Reino de paz e justiça.

O presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso, Cardeal Jean Louis Tauran, presidirá a celebração eucarística, no próximo dia 20, na capela do Parlamento Italiano A missa é promovida pela Associação Parlamentares Amigos do Paquistão e pela Associação de Paquistaneses Cristãos na Itália, a fim de lembrar o ministro para as minorias religiosas, Shahbaz Bhatti, assassinado recentemente no Paquistão, que defendeu Asia Bibi, pagando o preço com sua própria vida.

A Fundação Masihi faz um apelo a todas as comunidades, paróquias, associações, escolas, congregações religiosas e todas as Igrejas cristãs espalhadas pelo mundo para que se unam ao Dia de Oração por Asia Bibi e por todas as vítimas da lei sobre a blasfêmia.

Fonte: Rádio Vaticano

Comentários

Comentários