A ciência deve estar a serviço da pessoa humana, afirma Cardeal Bertone

Roma, 10 de nov de 2011- Realizou-se na manhã desta quarta-feira em Roma, na Sala São Pio X, uma coletiva de imprensa promovida pela Fundação “Casa Alívio do Sofrimento – Obra de São Pio de Pietrelcina” para lançar um inovador projeto de pesquisa sobre as células-tronco cerebrais.

O encontro, que teve como tema “Objetivo: homem”, foi presidido pelo Cardeal Secretário de Estado, Tarcisio Bertone, que em seu pronunciamento evidenciou a visão integral da pessoa, que sempre deve ser respeitada pela pesquisa científica e pela medicina.

A medicina jamais deixe de lado a “visão integral da pessoa, no respeito pela sua dignidade e pelas necessidades assistenciais, espirituais e relacionais”: foi o que afirmou o Cardeal Bertone, ressaltando a visão de futuro da “perspectiva estratégica” indicada pelo Pe. Pio na assistência e no tratamento dedicado ao enfermo.

Em seguida, o purpurado elogiou o abnegado serviço prestado em mais de 50 pela Casa Alívio do Sofrimento, querida pelo Pe. Pio. “Um hospital – disse o purpurado – não pode pensar somente em inovação científica e tecnológica, mas deve ser alimentado pela virtude da caridade evangélica que o Santo recomendava fosse sempre levada ao leito do enfermo.”

Portanto – acrescentou – também a Casa Alívio do Sofrimento é “chamada a conotar de significado ético todo processo de desenvolvimento de suas estruturas e de seus programas de pesquisa”. O Cardeal Secretário de Estado evidenciou que se trata de uma exigência que é reiterada com veemência por Bento XVI na encíclica “Spe salvi”:

“A ciência pode contribuir muito para a humanização do mundo e da humanidade. Ela, porém, pode também destruir o homem e o mundo, se não for orientada pelas forças que se encontram fora dela… Não é a ciência que redime o homem. O homem é redimido mediante o amor.”

Por fim, o Cardeal Bertone quis dirigir uma saudação ao Hospital Pediátrico Menino Jesus de Roma (Bambino Gesù), recentemente atingido por um grave incêndio:

“Gostaria de mandar uma saudação de bons augúrios ao Hospital Menino Jesus, após o incidente sofrido. Mas graças a Deus e à generosidade e ao heroísmo de todos os funcionários e médicos, foram salvas as vidas de todas as crianças. Esperamos possa continuar e retomar suas atividades também renovando os seus setores.”

Fonte: Rádio Vaticano News

Comentários

Comentários